14 de abr de 2014

Resenha: Amy Winehouse - Biografia


Amy Winehouse - Biografia
Chas Newkey B.
Editora Globo
208 páginas.
    
Em comemoração ao aniversário de uma das artistas mais contundentes e polêmicas, a Editora Globo e o canal Multishow de televisão lançam o livro Amy Winehouse: biografia. A cantora e compositora inglesa é uma das poucas unanimidades de público e crítica na história da música. O seu primeiro CD, lançado em 2003, a predominância da sonoridade jazzística faz jus ao título em homenagem a Frank Sinatra. Já no segundo, de 2007, o jazz mistura-se ao soul e recebe vários prêmios, entre eles o BRIT, Modo (Music of Black Origin), Vodafone Live Award, Q Awards e cinco categorias do Grammy. Além de ter fascinado os intelectuais da mídia especializada com seu estilo clássico, Amy vendeu milhões de discos e estreou na cobiçada lista da Bilboard em 7º lugar entre 200 sucessos.

Primeiramente, Peço desculpas pelo atraso da resenha. Tive uma boa experiência ao ler esse livro, descobri muita coisa sobre a Amy, a judia dos olhos verdes, que sofria alguns preconceitos pela sua religião, que arrumava confusão na escola e que tocava guitarra no meio da aula. Fiquei contente ao perceber que o livro não se tratava só das polêmicas da Amy dos anos de 2006/2007...

O livro também relata algumas curiosidades pessoais dela, como, ela perdeu a sua virgindade aos 15 anos, ela já foi expulsa de uma escola pois ela era "insuportável", a origem da sua famosa música "You know I'm No Good" foi por causa de uma infedelidade dela de seu primeiro namoro, e antes de se casar com Blake, eles teriam terminado o seu namoro pois Blake estava apaixonado por outra garota (e foi nesse período que ela compôs "Back to Black").

Sinceramente, gostaria de ter lido mais sobre a vida musical de Amy, o livro ficou muito focado na vida pessoal quando falaram da vida adulta, quem acompanha minhas resenhas, sabe que esse não é o primeiro livro sobre cantor/banda que eu leio, e eu gosto de saber quais instrumentos ela tocava, seu estilo musical inspirador, como foi os seus períodos de gravação, eu realmente gostaria de ter lido isso, ao invés de ler quantas vezes ela se embriagou em festas junto com a sua amiga Kelly Osbourne.

O livro contém os episódios tristes de sua vida, como ela não conseguia engordar pois ela sofria de bulimia, e depois que o seu marido, Blake, foi preso, ela teria voltado com os seus problemas com bebidas e drogas, porém esse período, ela teve grande ajuda de seu pai, e seus amigos.

Não tenho nenhuma crítica totalmente profunda sobre o livro, só gostaria que ele fosse atualizado contendo a morte da Amy em 2011, isso seria ótimo para o pessoal que gostaria de saber como estava a vida da cantora alguns anos antes de morrer, e as causas da sua morte.

Vocês gostam da Amy ou gostariam de ler esse livro? Aaahh, eu adoro a voz dela! Beijos e bom início de semana!

12 comentários:

  1. Amy ♥♥♥
    Amei o post amiga ♥
    http://khetlyngomes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Achava muito legal o timbre de voz dela, mas não curtia as músicas...

    http://priesmaltes.blogspot.com.br

    Beijinhos da Pri!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O timbre dela é fantástico, mas eu não consigo não gostar das músicas dela! XD Acho incrível cada música dela ter uma história! :3 Beijinhos! ♥

      Excluir
  3. Amy, super adoro, fiquei bastante triste na espoca q ela morreu, by. http://blogdenisebarbosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo ela também, super fiquei triste com a notícia da morte dela também na época... ):

      Excluir
  4. Lindona, eu adoro a Amy! Ainda nao tive a oportunidade de ler o livro :/ Adorei a resenha !
    é lógico que já estou supeer seguindo e te convido a seguir meu blog tb e a curtir minha fan page. Se puder se inscreva no meu canal do Youtube: http://www.youtube.com/user/tainaheille
    Me manda o seu p eu me inscrever tb (:

    nossoblogdemodaa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tainá! Eu recomendo ler o livro sim, você irá adorar! Obrigado por seguir, adorei o seu blog e estou te seguindo também! Infelizmente não tenho um canal (e não pretendo ter um ainda), mas irei me inscrever no seu! Um beijão! ♥

      Excluir
  5. Ai, a Amy é tão linda! :') A uns dias atrás eu vi um documentário sobre ela e fiquei bem chocada, as atitudes da família dela e até mesmo o próprio vicio, eu sabia de tudo assim por cima, mas não achei que fosse tão complicado assim e dói meu coração quando aparecem aquelas fotos antes e pós droga.
    Cheguei a uma conclusão de que, os melhores músicos estão destinados e irem embora pelas drogas, o que me deixa mais triste ainda. As músicas dela são maravilhosas, e até mesmo esses dias eu baixei uma, sempre conhecendo e procurando é assim que tem que ser, não é Nathylinda? <3

    Beijos linda! Saudades, quero te ver logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaai Fer, é foda pra mim também, eu gosto das músicas dela, desde que eu tinha uns 9/10 anos, e naquele período forte dela das drogas foi horrível para mim, parecia fotos dela magríssima com uma aparência horrível na TV toda a hora...
      Siim, essa é a verdade, infelizmente os meus heróis morrem de overdose, Syd Barrett nem preciso falar, né? )':
      haha Assim mesmo Ferzinha, beijinhos sua lindeza, estou com saudadezinhas de você! ♥

      Excluir
  6. A Amy era um ótima cantora, adoro as músicas dela, foi uma pena o que aconteceu com ela :( Enfim os bons vão embora cedo....
    Adorei seu blog!
    bjuuus

    http://noitesdeleituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amy era uma cantora maravilhosa, infelizmente os cantores super talentosos entram nesse caminho e morrem cedíssimo! ): Beijos.

      Excluir

● Comente algo relativo ao post;
● São permitidas sugestões de incentivo;
● Gosto de críticas construtivas e etc;
● Xingamentos serão totalmente ignorados e excluídos;
● Retribuo comentários. Deixe o link do seu blog no final do seu comentário na postagem.